SE CRIANÇA GOVERNASSE O MUNDO